Quer adotar um cachorro?

Atualizado: 5 de set. de 2021


Se você é um tutor de primeira viagem, procure não se cobrar demais. Afinal de contas, trata-se de um processo de aprendizado, onde o novo tutor e seu novo amigo peludo estão se conhecendo. Então, é normal se deparar com certos probleminhas de vez em quando. É por isso que separamos dicas para ajudá-lo! Veja a seguir.

Consulte todos que moram com você

Um dos maiores impedimentos para quem quer ter um pet são as outras pessoas que moram com o possível tutor. Já aconteceu de você querer ter um cachorro, porém seus pais não gostam de animais, ou algum dos seus irmãos tem alergia ao cachorrinho?

Se você não mora sozinho, os integrantes da sua residência precisam estar de acordo em ter o primeiro cachorro na família. Até porque não é saudável para o dog estar em um ambiente em que não é querido por todos ou precisa limitar sua presença em grande escala. Também é interessante combinar quem será responsável pelos passeios e limpezas, pois o cão precisa de um líder.

Prepare a casa para receber seu primeiro cachorro

O pensamento aqui é muito simples: da mesma forma que uma casa é preparada para a chegada de um bebê, ela deve estar pronta para receber seu novo amigo. Seja filhote de cachorro ou adulto, é importante compreender que as primeiras semanas são de adaptação, onde ele está conhecendo um território completamente novo.

Procure não deixar por perto objetos com os quais ele pode se machucar ou quebrar, como vasos, espelhos e até mesmo quinas de móveis e portas. Você também vai achar uma boa ideia guardar objetos de valor, afinal, estamos falando de um novo amigo com muita energia. Certifique-se também de treiná-lo sobre os ambientes da casa que ele pode frequentar, para que saiba seus limites.

Utilize os 3 Cs

O 3 Cs basicamente são sobre um conjunto de técnicas que ajudam seu cãozinho a entender melhor sua rotina e se adaptar ao seu estilo como tutor. Um C se trata de Confinamento, para que ele desenvolva controle urinário e do cocô, além de definir o seu lugar para as necessidades, sendo válido principalmente em casos de adoção de cachorro.

Isso reflete diretamente nos Cuidados com cachorro em relação à higiene, essenciais para uma boa convivência e para um ambiente agradável em casa. A outra dica é a Consistência nos horários de alimentação e passeios. Cachorros são muito apegados à rotina, e, para não estressá-los, planeje esses momentos com convicção.

Ofereça uma alimentação adequada ao seu cãozinho

Já que falamos de horários de alimentação, por que não falar sobre a qualidade da comida do seu amigo de quatro patas? Por mais que você pense que todas as rações são parecidas, na prática, isso é bem diferente, pois existem diferentes tipos de ração para determinadas raças e para cada faixa etária do seu peludo.

Assim como no caso dos humanos, uma criança precisa de um determinado tipo de alimentação principalmente por estar em fase de crescimento e necessitar de nutrientes específicos para o seu desenvolvimento de forma saudável. Isso também se aplica aos idosos, que, com o passar do tempo, precisam estar atentos às condições que surgem com a idade.

Defina os profissionais que cuidarão do seu cachorro

Antes de ter o seu primeiro cachorro, procure conhecer um centro com médicos-veterinários mais próximo da sua casa, para casos de possíveis emergências. Busque indicações de amigos próximos, de preferência que já sejam tutores um pouco mais experientes, para dispor dos serviços de um médico-veterinário particular.



8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo